Noëlie Audi-Dor: Cidadã do Mundo

Noelie6

English Version   /   Deutsch Version

Se você pergunta para Noëlie Audi-Dor de onde ela é, ela vai ter responder: eu não sei! A jovem de 24 anos é filha de mãe libanesa e pai francês. Sua mãe, fugindo da guerra no Líbano, foi para a Suíça, onde Noëlie nasceu e cresceu. A graduação foi feita na Inglaterra. “A Suíça era muito calma, eu queria estudar em um lugar mais diverso”. E hoje Noëlie trabalha em Bruxelas, na Bélgica. Umas mistura dessas certamente a torna uma cidadã de onde ela quiser ser.

“Eu cresci na Suíça com a minha mãe mas todos os anos íamos para o Líbano visitar os familiares e eu pude conviver com pessoas em situação de guerra”. Esse cenário foi o suficiente para desde adolescente Noëlie ser engajada em causas. Aos 16 anos ela participou de um projeto da ONU para estudantes, onde ajudava a arrecadar fundos para projetos de caridade.

Quando mudou para a Inglaterra para estudar Desenvolvimento Sustentável ela passou a ter mais contato com a temática de clima e já se engajou em uma cooperativa para vender alimentos produzidos localmente na Universidade. “Nós vendíamos os alimentos mas também informávamos as pessoas sobre os aspectos sociais, nutricionais e ambientais por trás deles. Essa experiência me inspirou e me mostrou como o impacto das minhas ações pode alcançar diretamente a minha comunidade”.

Ao término da graduação Noëlie se mudou para Londres, onde continuou seus estudos em Meio Ambiente para a Sustentabilidade. A jovem foi recebida pela capital inglesa com uma mega campanha sobre “divestment” – um movimento global que pressiona tomadores de decisões e governos a pararem de investir em combustíveis fósseis e gradativamente reverter o mesmo montante para as energias renováveis. Mais uma vez Noëlie se viu totalmente envolvida com uma causa. “Com essa temática dos combustíveis fósseis eu percebi que no final do dia era isso que realmente impactava e que em âmbito nacional as pessoas não sabiam sobre isso”.

Noelie 5

A paixão pelo tema levou Noëlie a integrar outros grupos que discutiam o assunto. Entre eles a UKYCC, coalizão de jovens do Reino Unido que promove treinamentos para que jovens da região influenciem negociações internacionais de clima. Foi pela UKYCC que Noëlie arrumou as malas para morar seis meses na França, ajudando na organização da COY11, conferência global de jovens que antecedeu a Conferência do Clima da ONU em Paris (COP21). “Em Paris nós trabalhávamos 20 horas por dia, mas as pessoas que eu conheci, o tanto que eu aprendi é o que importa. O Manifesto da COY foi entregue ao presidente da França, ao presidente da COP e ao enviado da ONU para assuntos de Juventude, por exemplo”.

Toda essa paixão e engajamento rendeu a Noëlie um estágio na organização Friends of the Earth Europe (Amigos da Terra Europa) onde ela trabalha com lobby nas áreas de petróleo e gás. “Eu me vejo fazendo lobby com pessoas muito mais velhas do que eu, mas estes espaços são uma bolha, eu sinto falta do contato com as pessoas”. Por isso, em setembro, quando acaba o seu contrato, Noëlie planeja integrar outros movimentos ou criar o seu próprio. “Eu quero ser útil em diferentes frentes”, conta Noëlie que não sabe dizer de onde é e que também não gosta de separar o mundo entre Norte e Sul. “Eu não gosto da maneira como dividem o mundo, os impactos das mudanças climáticas vão afetar a todos. Eu, como jovem, terei o meu mundo totalmente impactado de acordo com as decisões que forem tomadas hoje, e isso vale para todos nós”.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s